Notícias

Gabinete firma parceria com as Nações Unidas
28/03/2019 12h03 - Atualizado em 03/04/2019 10h21

Marcondes Franco Filho

      As diretrizes para parceria entre o Gabinete de Políticas Sociais do Governo de Goiás e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil foram discutidas na tarde desta quarta-feira, 27, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Coordenado pela primeira-dama do Estado e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Gracinha Caiado, o encontro serviu para apresentação das ferramentas e programas de cooperação de que dispõe o PNUD para apoiar as ações de desenvolvimento humano no Estado.


         A coordenadora do PNUD no Brasil, Maristela Baioni, destacou a possibilidade de parcerias em planejamento estratégico, com foco na população vulnerável de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e princípios de cooperação técnica internacional. Ela citou os avanços já realizados pelo Governo do Estado ao trabalhar a questão da credibilidade e governança, por meio do compliance público, para atrair investidores e, dessa forma, alavancar o desenvolvimento de Goiás.


        Um dos principais pontos definidos na reunião foi o propósito de pactuar data e metas a serem alcançadas. O dia 10 de abril foi o prazo fixado para a identificação dos eixos dos 17 pontos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) por parte de cada secretaria e autarquia do Gabinete. O objetivo é delinear os possíveis projetos e ações integradas, levando em conta o conceito de dimensões faltantes, proposto pelas Nações Unidas.


        Para que haja sintonia, as pastas envolvidas na tarefa de reduzir as vulnerabilidades da população devem decidir o método de trabalho e buscar eixos de atuação de forma a influir no Índice Multidimensional de Carência das Famílias Goianas (IMCF), que mede as diversas privações das famílias de Goiás.


       O Gabinete de Políticas Sociais construirá junto ao PNUD um Documento de Projeto (ProDoc), utilizado pela instituição para definir as diretrizes de parcerias. O documento será encaminhado ao governador Ronaldo Caiado, que deve ir a Brasília formalizar o acordo. 


      Além disso, a adesão dos dez municípios identificados pelo IMCF como os mais vulneráveis também será discutida junto aos prefeitos. 


     “Vamos de imediato fazer acontecer esse programa de apoio às famílias carentes, que precisam ser resgatadas do esquecimento e da vulnerabilidade. Essas pessoas pedem urgência”, frisou Gracinha Caiado. Segundo ela, o PNUD é um parceiro de prestígio internacional “pela competência e transparência do seu trabalho”. 

Voluntariado

       Articulação com o voluntariado e o fortalecimento da prática em Goiás foram pontos também acertados na reunião.


      “Vamos trabalhar para resgatar essa cultura da doação em Goiás”, asseverou a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado. Ela anunciou a realização do curso que desenhará a “nova cara da OVG” para o dia 26 de abril, no auditório da Organização. 

      A equipe do PNUD discorreu sobre o programa “Viva Voluntário”, que reúne políticas de estímulo à participação comunitária por meio do voluntariado. O projeto, que tem como principal ferramenta uma plataforma virtual, funciona em formato de rede social e conecta oportunidades de voluntariado com pessoas interessadas em doar seu tempo para atividades voluntárias.


     A equipe do PNUD fez questão de ressaltar os pontos em comum entre o programa das Nações Unidas (ONU) para o combate à pobreza e os aspectos contidos na carta de intenções do governador Ronaldo Caiado de seu plano de Governo, que prioriza “o compromisso com o cidadão e o desenvolvimento humano e sustentável do Estado de Goiás”.


Assessoria de Comunicação e Marketing Institucional

(62) 3201-9482

http://www.ovg.org.br/post/ver/232355/gabinete-firma-parceria-com-as-nacoes-unidas