Notícias

OVG amplia captação de recursos e reduz gastos

Elisângela Vieira Santos


Em 2019, a Organização conseguiu arrecadar R$ 4,1 milhões, quase o dobro do valor do ano anterior. Por outro lado, economizou 1,6 milhão com a negociação e renovação de contratos.

  

    Uma gestão eficiente, com parcerias sérias, ajudou a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) a aumentar a captação de recursos e a reduzir custos, em 2019. É o que indica o relatório anual apresentado nesta segunda-feira, 27 de janeiro, durante a primeira reunião do Conselho de Administração da Organização no ano de 2020.

 

    No balanço geral de doações, a captação de recursos quase dobrou, passando de R$ 2,2 milhões, em 2018, para R$ 4,1 milhões, no ano passado, incluindo o recebimento de alimentos, roupas e outros itens, além de dinheiro arrecadado em eventos, como o Arraiá do Bem, realizado no Palácio das Esmeraldas, no mês de junho.  A arrecadação de gêneros alimentícios saltou de 205 para 731 toneladas. Além disso, a instituição conseguiu uma economia de mais de R$ 1,6 milhão na negociação e renovação de contratos.

 

    E os resultados positivos não param por aí. Todos os repasses das mensalidades do Programa Bolsa Universitária de 2019 foram pagos em dia. Com o retorno do atendimento do Programa para a sede da OVG, a economia mensal alcançada foi de R$ 25 mil.

 

   A instituição atendeu 80 mil e 574 pessoas em situação de vulnerabilidade social com a doação de vários benefícios, como cadeiras de rodas, andadores, enxovais de bebê, cobertores e fraldas descartáveis.

 

    Também foram repassados 810 benefícios a entidades sociais cadastradas na OVG. O atendimento incluiu ainda orientação e capacitação de 624 entidades e municípios.

 

    Em parceria com o Gabinete de Políticas Sociais (GPS), a OVG entregou cestas básicas, leite, enxovais para bebê, roupas, cobertores e brinquedos para moradores dos municípios de Alto Paraíso, Amaralina, Aruanã, Cavalcante, Cidade de Goiás, Colinas do Sul, Campinaçu, Heitoraí, Montividiu do Norte, Planaltina de Goiás e Teresina de Goiás. A Organização e o GPS também realizaram o mapeamento das demandas das famílias com índice cinco no Índice Multidimensional de Carência das Famílias de Goiás (IMCF).

 

    A diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, reforça que mudanças na gestão e o fortalecimento das parcerias foram fundamentais para os resultados. “Assumimos a instituição com dívidas deixadas pela gestão passada e trabalhamos muito para levar atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social. As parcerias nos ajudaram a garantir apoio às pessoas que mais precisam”, disse a diretora-geral.

 

Voluntariado

 

    Ao longo de 2019, a OVG capacitou 2.073 pessoas interessadas no voluntariado e conta hoje com 210 entidades aptas a receber voluntários. Os cidadãos que querem fazer bem ao próximo ganharam uma ferramenta importante: a Plataforma do Voluntariado. A página foi criada para unir quem quer ajudar e quem precisa de apoio. O site também traz informações sobre os programas da Organização e das entidades sociais cadastradas e como se capacitar para a atividade voluntária.

 

    “O voluntariado complementa o apoio dos parceiros. Por um lado, temos uma quantidade maior de doações para ajudar as pessoas, por outro, precisamos de cidadãos engajados nas causas sociais, doando tempo e amor a quem necessita. Essa é a nova OVG”, frisou a diretora-geral da Organização.

 

    Além de Adryanna Melo Caiado, participaram do encontro os diretores da OVG, Jeane de Cássia Abdala (Ações Sociais), Wellington Matos (Administrativo e Financeiro) e Rúbia Prado (Programa Bolsa Universitária), e, como convidados, Fernando Fernandes Fagundes, superintendente de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Administração (SEAD), Crystiane Soares, presidente da Comissão de Acompanhamento e Avaliação do Contrato de Gestão OVG/SEAD e Adilane Faleiro, membro da Comissão.

 

   “Quero cumprimentar a direção da OVG pelo excelente trabalho, em especial à presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado. A atual diretoria da Organização tem feito a diferença em nosso Estado”, disse Fernando Fernandes.

 

    Foi a primeira vez que o Conselho se reuniu fora da sede da OVG. A reunião aconteceu no Centro de Idosos Sagrada Família. Após a assembleia, os conselheiros conheceram a unidade, que oferece atendimentos nas modalidades Asilar, Casa-Lar, Centro Dia e Centro de Convivência.

       

    Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente do Conselho Administrativo da OVG, Joveny Sebastião Cândido de Oliveira.

 

 

Gerência Estratégica de Comunicação

e Marketing Institucional

(62) 3201-9482

www.ovg.org.br

http://www.ovg.org.br/post/ver/234019/ovg-amplia-captacao-de-recursos-e-reduz-gastos