topo

Galeria
Galeria


 

 


1947

Ambrosina Coimbra Bueno

Vontade de ajudar o próximo. Foi o que motivou a então primeira-dama do Estado, Ambrosina Coimbra Bueno a criar a OVG, a partir de um grupo de mulheres ligadas à Igreja Católica, em 30 de outubro de 1947. O comando do grupo de voluntárias ficou a cargo da Igreja da Católica até a década de 1960.

 

1966 a 1971

Marilda Fontoura de Siqueira

Foi a primeira presidente da Organização das Voluntárias de Goiás. Criou núcleos de apoio social nos bairros; instituiu o Conselho de Obras da Comunidade e esteve à frente da construção da Casa do Interior de Goiás e da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes.

 

1971 a 1975

Maria de Lourdes Ramos Caiado

Deu continuidade aos programas sociais existentes.

 

1975 a 1979

Lúcia Vânia Abrão Costa

Iniciou o processo de profissionalização da OVG. A Organização conquistou a primeira sede própria, na Rua 6, Centro. Também é desta época a incorporação à OVG do Abrigo Sagrada Família.

 

1979 a 1983
Maria Bahia Peixoto Valadão

A OVG foi instalada em sua sede atual, na Rua T-14, no Setor Bueno, em 1980. Foram implantados programas de inserção de jovens no mercado de trabalho, entre eles o Pró-Jovem, para a conquista do primeiro emprego.

 

1983 a 1986 e 1991 a 1994
Iris Araújo Rezende Machado

Concluiu a construção do Abrigo Sagrada Família e estimulou a criação de casas de idosos em vários municípios goianos. Implantou o Centro de Convivência Vila Vida, em Goiânia, para atender pessoas da terceira idade.

 

1986 a 1987
Lydia Araújo Quinan

Criou o Programa de Assistência Alimentar ao Menor (AME), para crianças carentes fora da escola; implantou o Centro de Apoio ao Toxicômano e Alcoólatra (Capta), com atendimento 24 horas; construiu casas para idosos em 70 municípios goianos e realizou o mutirão que confeccionou, em um só dia, 60 mil peças de roupas de flanela para famílias de baixa renda.

 

1987 a 1991
Sônia Célia Santillo

Implantou duas unidades das Oficinas Educacionais Comunitárias (OECs). Localizadas nos setores Norte Ferroviário e Cândida de Morais, em Goiânia, as oficinas ofereciam cursos profissionalizantes.

 

1994
Laci Machado de Rezende

Deu continuidade aos programas sociais existentes.

 

1995 a 1998
Sandra Regina Carvalho Vilela

Implantou o Centro Social Dona Gercina Borges Teixeira, para atendimento a gestantes, e o Centro Social Dona Ambrosina, que oferecia serviços laboratoriais, odontológicos e outras ações de saúde. Criou o Condomínio Solidariedade, para assistência a pacientes de AIDS, e a unidade de produção de cadeiras de rodas da OVG.

 

1998
Liliane Rodrigues

É desse período a proposta de levar o Centro de Convivência Vila Vida, destinado a idosos, para cinco cidades do interior: Iporá, Trindade, São Miguel do Araguaia, Itumbiara e Jataí. Criou o Programa de Incentivo ao Artesanato Brasileiro e melhorou a estrutura do Abrigo Sagrada Família.

 

1998
Lila Morais Cândido

Foram entregues unidades da Vila Vida em cinco municípios do interior do Estado e reformulado o sistema de atendimento às primeiras-damas municipais, reforçando a parceria da OVG com as prefeituras.

 

1999 a 2006 / 2011 a 2014 / Atual presidente
Valéria Perillo

Criou a Bolsa Universitária, o Criança Cidadã e o Restaurante Cidadão. Construiu o Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer). Além de implantar o Centro Goiano de Voluntários e o Centro de Apoio ao Romeiro (Trindade e Muquém), lançou o Show de Natal da OVG. Sistematizou uma rede de parcerias para dar apoio a mais de 440 entidades sociais cadastradas na OVG.

 

2006 a 2010
Raquel Rodrigues

Sistematizou as inscrições e inclusões ao Bolsa Universitária. Implantou o Centro Dia Sagrada Família, instituiu o programa Colo de Mãe e reformou as unidades da OVG.

SIGA A OVG NAS REDES SOCIAIS

Rua T-14, n° 249, Setor Bueno, Goiânia-GO, 74.230-130

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento