Natal
Casa do Interior oferece alimentação balanceada

Karinthia Wanderley     

    Uma alimentação balanceada proporciona o bom funcionamento do corpo, previne deficiências nutricionais e melhora as defesas do organismo. Na Casa do Interior de Goiás, unidade da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), que oferece apoio ao cidadão do interior do Estado que vem a Goiânia em busca de tratamento médico, as refeições são preparadas cuidadosamente para favorecer uma recuperação mais rápida do paciente.

     A unidade serve aos pacientes e acompanhantes cinco refeições diárias: café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. “Preparamos um cardápio saudável, equilibrado, levando em conta a condição de saúde das pessoas que estão aqui. Muitos são diabéticos, hipertensos ou fazem quimioterapia e precisam ter cuidado especial com a alimentação”, explica a nutricionista da Casa do Interior, Lohanne Patrícia de Castro, ao acrescentar que cinco cozinheiras por período preparam os alimentos.

     O excesso de sódio e óleo é evitado. Para deixar a comida mais saborosa outros temperos são utilizados. “Colocamos alho, cebola, cebolinha, ervas. A comida fica bem caseira. Muitos usuários nos procuram para elogiar e dizem que não fica parecendo comida de hospital”, conta a nutricionista.

      Em refeições como o almoço, por exemplo, são servidos dois tipos de saladas (crua e cozida). As carnes vermelhas e brancas são intercaladas no decorrer da semana e pelo menos uma vez ao mês é servida carne de peixe. Para sobremesa, frutas e um doce, incluindo diet.

 Dietas especiais

       Alguns pacientes necessitam de dieta especial, como aqueles que usam sonda, os que passaram por cirurgia ou fazem quimioterapia. Eles são atendidos conforme as orientações médicas, explica Lohanne. “O paciente com sonda precisa de uma dieta líquida. Temos uma cozinheira que fica responsável para esse preparo”.

      A nutricionista afirma que muitos acompanhantes se interessam em buscar orientações sobre a melhor maneira de alimentar seus familiares para que se recuperem mais rapidamente. “É interessante porque nessa conversa quebramos vários mitos de que determinado alimento não pode ser consumido, ou que é indigesto. Sempre ressaltamos a importância de se alimentar bem porque o corpo precisa de nutrientes e, dessa forma, o processo de recuperação se torna mais rápido”, pontua.

     Moradora de Morrinhos, Maria das Graças da Silva, 38 anos, em tratamento contra um câncer, está hospedada na Casa do Interior desde março deste ano. Ela garante que tem recebido a atenção necessária de toda a equipe da unidade e elogia o cuidado com a alimentação dos pacientes. “Não sinto muita vontade de comer, mas as refeições são preparadas com tanto capricho e os funcionários são tão atenciosos que fazemos uma forcinha. A alimentação ajuda bastante a enfrentarmos o tratamento”, reconhece.

 Atendimento multiprofissional

     Atualmente, a CIGO funciona com cem leitos e atende em média 90 usuários/dia. A unidade oferece hospedagem, alimentação, transporte dentro da capital e acompanhamento profissional de enfermeiros, nutricionistas, pedagogos e assistentes sociais.

     A Casa do Interior valoriza as atividades de lazer e entretenimento. As datas comemorativas, como o carnaval, festa junina, Natal são festejadas com animação pelos usuários, que têm a oportunidade de participar de momentos de descontração que contribuem para uma melhora da autoestima dos pacientes. A unidade também promove diversos passeios em Goiânia com esse objetivo.

   

Assessoria de Comunicação e Marketing

(62) 3201-9482 / 3201-9415

www.ovg.org.br

 

 

 

SIGA A OVG NAS REDES SOCIAIS

Rua T-14, n° 249, Setor Bueno, Goiânia-GO, 74.230-130

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento