topo

Notícias
Meninas de Luz chega a Pirenópolis
07/10/2017 14h12 - Atualizado em 18/10/2017 14h51

Marcondes Franco Carvalho Filho      

     Depois de levar o Programa Meninas de Luz aos municípios de Alto Paraíso e Orizona, a Organização das Voluntárias de Goiás liberou neste, sábado, 7, o Termo de Cooperação Técnica para que a prefeitura de Pirenópolis instale o programa na cidade. A autorização foi assinada pelo governador Marconi Perillo, a presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, e o diretor geral da Organização, major Augusto.

     Ainda em outubro a OVG deverá levar o Meninas de Luz a São Luiz de Montes Belos e Piranhas, seguindo o propósito de fazer a interiorização do programa, que já beneficiou mais de 5 mil jovens e adolescentes grávidas desde sua criação, em 1999, e anualmente atende cerca de 800 gestantes. Segundo Marconi Perillo, Pirenópolis é a cidade goiana mais conhecida lá fora. “Eu e Valéria sempre buscamos, nos exercícios dos nossos mandatos, colaborar com a preservação dessa história", disse. Marconi citou a ajuda ao município com o programa Goiás na Frente entregue à prefeitura e fez o compromisso de continuar colaborando para melhorar a cidade. "Se não for suficiente, prefeito, me procure. Não quero sair do governo deixando algo por fazer na nossa querida Pirenópolis”.

     O evento de assinatura do termo de cooperação técnica foi realizado em pavilhão montado ao lado da Matriz de Nossa Senhora do Rosário, no centro de Pirenópolis, e mobilizou moradores e autoridades locais e do Estado, que comemoraram também o aniversário de 290 anos do município.

     A primeira-dama de Pirenópolis, Nair Vidal, informou que o programa Meninas de Luz vai começar a funcionar em novembro. “O local escolhido para o atendimento às gestantes é um salão no bairro Alto do Bonfim, região que concentra maior número de casos de adolescentes grávidas”. O prefeito João Batista Cabral, o João do Léo, frisou que o Meninas de Luz “é uma iniciativa do governo do Estado e da OVG para apoio e proteção às mães fundamental para a população dos municípios”. 

     A presidente de honra da OVG, Valéria Perillo informou que, inicialmente, 25 meninas já foram cadastradas em Pirenópolis para receber o atendimento. “Idealizar um projeto como esse, implementá-lo e acompanhar seus bons resultados são ações que nos enchem de orgulho, principalmente agora que seu alcance social é multiplicado com a expansão desse trabalho no interior, graças à parceria com as prefeituras”, afirmou Valéria Perillo.

 

     Parceria

     Nas cidades do interior, a iniciativa é desenvolvida em parceria com a prefeitura municipal, que fica responsável pelos técnicos e pelo local de funcionamento do programa. A OVG faz o treinamento da equipe, o monitoramento do trabalho e também a doação de kits de enxoval para bebês. Conforme o diretor geral da Organização, major Augusto, o programa vai priorizar os 32 municípios com maior índice de mortalidade infantil em Goiás, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

     O Meninas de Luz tem como objetivo promover o envolvimento, socialização, melhora da autoestima e fornecer orientações às grávidas de até 21 anos em situação de vulnerabilidade social. Por meio de uma ação efetiva de equipe multiprofissional, a gestante receberá informações sobre educação sexual, planejamento familiar, cuidados com o bebê, direitos do cidadão, além de atendimento pré-natal e odontológico. Após o nascimento da criança, a mãe e o bebê continuam recebendo o acompanhamento e apoio por um ano, incluindo medicamentos contraceptivos.

Assessoria de Comunicação e Marketing

(62) 3201-9482 / 3201-9415

www.ovg.org.br


SIGA A OVG NAS REDES SOCIAIS

Rua T-14, n° 249, Setor Bueno, Goiânia-GO, 74.230-130

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento