Bolsa Universitária - Portal
Perguntas Frequentes
07/12/2018 10h50 - Atualizado em 18/12/2018 11h26

 

      Com base nas principais dúvidas dos candidatos e dos bolsistas, preparamos perguntas e respostas para os questionamentos mais comuns sobre o programa e a contrapartida. Confira:

 

01- Como posso obter a Bolsa Universitária?

 

- Através de Processo Seletivo nas datas disponibilizadas no site www.ovg.org.br; portal Bolsa Universitária; link Inscrições. Todas as informações do processo seletivo estarão disponíveis no Edital.

 

02- Quais os critérios para concorrer à Bolsa?

 

- Nos termos da Lei nº 17.405/2011, Decreto nº 8.039, podem participar do processo seletivo para ingresso no PBU os alunos universitários que atendam os seguintes requisitos:

I - Residir no Estado de Goiás;

II - Estar regularmente matriculado em curso presencial de graduação, autorizado e/ou reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), em Instituição de Ensino Superior privada, cadastrada na OVG;

III-Ter sido admitido no curso por meio de concurso vestibular, desempenho no ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio – ou transferência de outra INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR (IES);

IV-Não possuir diploma de graduação, nem estar matriculado em outro curso de ensino superior;

V-Ser economicamente carente, assim considerado o aluno pertencente ao grupo familiar que não possua mais de 01 (um) bem imóvel e renda bruta mensal de até 06 (seis) salários mínimos para a Bolsa Parcial e 03 (três) salários mínimos nacional para a Bolsa Integral;

VI - Não ter desligamento do PBU, nos últimos dois semestres, devido a fraude;

VII - Concorde em prestar serviços, durante o curso, em órgãos, entidades e instituições, ou em projetos de pesquisas, indicados pela OVG, a título de contrapartida pelo benefício recebido.

 

 

03 – Ainda não passei no vestibular, posso fazer inscrição para concorrer ao benefício da Bolsa Universitária?

 

- NÃO. Para concorrer ao benefício, o aluno deve estar regularmente matriculado (ou com trancamento) em curso de graduação, autorizado e/ou reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), em Instituição de Ensino Superior privada, devidamente autorizada e/ou reconhecida pelo MEC, e ter sido admitido por meio de concurso vestibular, desempenho no ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio – ou por meio de transferência de outra IES.

 

04 - Tenho a bolsa parcial, posso pleitear a bolsa integral?

 

- SIM. Desde que participe de um novo Processo Seletivo e preencha todos os requisitos socioeconômicos (renda bruta familiar de até 3 salários mínimos nacional, prioritariamente), conforme o edital disponível no site, no “Portal Bolsa Universitária”. O preenchimento das vagas obedecerá a classificação de acordo com as vagas oferecidas no respectivo processo seletivo.

 

05 - Mais de um membro do grupo familiar poderá usufruir do benefício?

 

- SIM. Participando do Processo Seletivo e que atenda aos requisitos socioeconômicos, conforme o edital disponível no site, no “Portal Bolsa Universitária”. O preenchimento das vagas obedecerá a classificação de acordo com as vagas oferecidas no respectivo processo seletivo.

 

06 – Posso ser beneficiado com a Bolsa Universitária tendo concluído um curso superior?

 

- NÃO. Conforme art.5, inciso III, da Lei nº17.405/2011, o benefício é permitido somente para a 1ª graduação.

 

07 – Após ganhar a bolsa, o que devo fazer?

 

✓ Comparecer na reunião de inclusão, entregar o Termo de Compromisso assinado (disponível no site) e receber orientações para manter o benefício;

✓ Acessar no site da OVG, Portal Bolsa Universitária, link Aluno, Central do Aluno e fazer login e senha;

✓ Ler as informações disponíveis no site da OVG, Portal Bolsa Universitária, link Aluno, Capital e/ou Interior;

✓ Escolher como cumprirá as atividades de contrapartida, pois são obrigatórias em todos os semestres enquanto usufruir do benefício.

✓ O beneficiário também pode cumprir a contrapartida na modalidade de combos: doação de sangue, próprio ou de doadores por ele indicados, em bancos de sangue devidamente cadastrados no Programa Bolsa Universitária, cursos a distância disponibilizados por convênios da OVG, juntamente com as horas presenciais.

 

8 - Todos os bolsistas precisam cumprir a contrapartida?

- SIM. A contrapartida é obrigatória para todos os alunos beneficiados pelo Programa Bolsa Universitária. A exigência está na LEI Nº 17.405, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011 -  CAPÍTULO V DA CONTRAPRESTAÇÃO, veja:

Art. 11. O estudante beneficiário da Bolsa Universitária prestará serviços durante o curso em órgãos, entidades e instituições definidos e indicados pela Administração do Programa, com carga horária compatível com as do curso que realiza e do trabalho que executa, de acordo com a natureza da área de sua formação, ou em projetos de pesquisas, devidamente cadastrados junto à Administração do Programa, e que ofereçam a devida orientação, segundo as regras estabelecidas no regulamento.

§ 1º A efetiva prestação de serviços prevista neste artigo é condição de manutenção do benefício, devendo a Administração do Programa regulamentar a forma de cadastramento dos órgãos, das entidades e instituições que acolherão os beneficiários, bem como manter o controle das atividades por eles desenvolvidas.

 

9- O que é a contrapartida?

É a atividade que o bolsista cumpre em organizações cadastradas no Programa Bolsa Universitária, em sua área de formação ou em ações de caráter humanitário.

 

10 - Como realizar a contrapartida?

Há duas formas para a realização das atividades de contrapartida:       

Cumprir integralmente as atividades de contrapartida em uma organização parceira, de preferência na área afim ao respectivo curso, o que valerá certificado de horas de atividades extracurriculares.

Ou optar pelo combos, que podem ser cumpridos com doações de sangue, cursos online (oferecidos pelo SENAI LINK DE ACESSO) e atividade presencial.

Lembrando que é imprescindível a realização da atividade presencial.

 

11 - Como montar as minhas horas?

O bolsista deverá realizar suas atividades de contrapartida no decorrer do semestre cumprindo com as datas de entrega estabelecida pelo programa Bolsa Universitária.

Na opção Montar Horas o bolsista poderá escolher a forma de cumprir as atividades de contrapartida, escolhendo uma combinação de combos e/ou somente atividades presenciais em uma única organização.

  • Combos (Combo é o conjunto de atividades desenvolvidas para os bolsistas que tem dificuldades de cumprirem todas as horas de contrapartida presenciais).

- Doações de Sangue

- Cursos Online

 
  • Atividades presenciais

- Reforço Escolar

- Cursos, Fóruns e Seminários presenciais

- Atividades Filantrópicas

- Outros 

 

12 - Quando devo iniciar as atividades?

As atividades de contrapartida deverão ser iniciadas logo no início de cada semestre (Janeiro/Julho).

 

13 - Como anexar as minhas horas?

Selecione a aba ANEXAR HORAS para que possa selecionar o arquivo no seu computador e possa enviar para análise.

 

 

  links relacionados

SIGA A OVG NAS REDES SOCIAIS

Rua T-14, n° 249, Setor Bueno, Goiânia-GO, 74.230-130

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento