Notícias
Gabinete apresenta relatório detalhado
20/03/2019 21h23 - Atualizado em 26/03/2019 14h52

Marcondes Franco Filho

   O Gabinete de Políticas Sociais do Governo do Estado reuniu-se na tarde desta quarta-feira, 20, para apresentar um relatório completo sobre escolas, unidades de Saúde e Centros de Referência de Assistência Social (Cras) dos dez municípios mais carentes de Goiás. As Secretarias de Educação e Desenvolvimento Social detalharam as principais deficiências dos equipamentos públicos para que o grupo possa traçar as primeiras medidas a serem tomadas em cada área.  

 
  A reunião do Gabinete, comandado pela primeira-dama e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Gracinha Caiado, foi realizada no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, com a presença da diretora-geral da instituição, Adryanna Melo Caiado, do secretário de Desenvolvimento Social, Marcos Cabral, de representantes da Saúde, Educação, Turismo, Cultura e Agehab.

 
  O levantamento das carências mapeadas pelos técnicos foi feito nos municípios de Cavalcante, Colinas do Sul, Amaralina, Teresina de Goiás, Monte Alegre de Goiás, Montividiu do Norte, Santa Terezinha de Goiás, Campinaçu, Heitoraí e Matrinchã. Já foi realizado encontro com prefeitos dessas localidades para engajá-los nas ações que objetivam reverter o quadro de dificuldades dessas cidades.

 
Relato

 
  Gracinha Caiado ouviu o relato sobre os problemas citados no relatório e disse que o Governo do Estado tem o firme propósito de atuar de forma efetiva para mudar a dura realidade dos municípios incluídos no estudo. “Precisamos definir o que fazer em favor dessas cidades, que sofrem com dificuldades crônicas em saúde, educação, moradia, trabalho e outras áreas de atividades”, afirmou.

 
  A presidente de honra  e a diretora-geral da OVG têm viagem marcada para Cavalcante para conhecer de perto as dificuldades da população, com visitas às comunidades Kalunga. “É preciso dar dignidade, bem-estar e cidadania a essas pessoas, valorizando sua cultura e seus costumes. Precisamos realizar alguma coisa nesse sentido. O Estado não pode fazer tudo, mas há a necessidade premente de levar apoio e atenção a essas pessoas. O foco do Governo é a família e é nisso que vamos trabalhar”, assinalou Gracinha Caiado.

 
  O secretário de Desenvolvimento Social, Marcos Cabral, citou que, feito o diagnóstico da situação dos dez municípios mais carentes do Estado, o próximo passo é iniciar as ações concretas e efetivas, com a força-tarefa formada por todas as secretarias e órgãos do Estado. “Cada um terá de cumprir sua obrigação nessa grande missão. Vamos nos valer de criatividade e união para vencer os desafios”, pontuou. O estudo foi feito com base em indicadores sociais do Instituto Mauro Borges.    

 
  O Gabinete de Políticas Sociais recebeu no mês passado a visita do ministro Osmar Terra, que veio conhecer o Índice Multidimensional de Carências das Famílias de Goiás (IMCF) e colocou o Ministério da Cidadania como parceiro estratégico do trabalho.

 
  Na semana passada, o governador Ronaldo Caiado e a presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado, participaram do Seminário Internacional da Primeira Infância, em Brasília. Eles também tiveram reunião com representantes da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), na capital federal, em busca de parcerias para a área social. No próximo dia 27, uma equipe técnica da UNESCO irá se reunir com o governador e o Gabinete de Políticas Sociais, em Goiânia.

 

   

Assessoria de Comunicação e Marketing Institucional

(62) 3201-9482

www.ovg.org.br

 

 

SIGA A OVG NAS REDES SOCIAIS

Rua T-14, n° 249, Setor Bueno, Goiânia-GO, 74.230-130

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento