Notícias
OVG oferece novas oportunidades aos bolsistas
25/11/2019 10h06 - Atualizado em 02/12/2019 10h25

Elisângela Vieira Santos 

   A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e o Governo do Estado trabalham para mudar a situação socioeconômica de milhares de jovens goianos. Por isso, em 2019, o Programa Bolsa Universitária passou a oferecer oportunidades de capacitação aos estudantes, visando a integração ao mundo do trabalho e a conscientização da importância da responsabilidade social.

 

   A atual gestão da Organização quer ir além da concessão de bolsas de estudos aos universitários socioeconomicamente vulneráveis. Atua com o propósito de promover a autonomia do jovem, buscando ações integradas, em parcerias com organizações governamentais e não governamentais, que possibilitem o contato com o mercado profissional e o engajamento em causas sociais.

 

     Entre as iniciativas, está a parceria com a Feira do Estudante – Expo CIEE Goiás 2019, realizada em novembro. Durante a maior feira estudantil da América Latina foram oferecidas 1.500 vagas de estágios aos estudantes universitários.

 

    Incentivando a participa cidadã, a OVG firmou parcerias para permitir a participação dos bolsistas em projetos sociais. Entre eles, estão o ‘Estudantes de Atitude” em que os alunos da rede pública fazem auditoria cívica nas escolas, apontam os problemas e propõem soluções. O papel do bolsista é auxiliar os professores na coordenação desse trabalho.

 

     Outro projeto que merece destaque é o “Alfabetização em Família”. A iniciativa visa a alfabetização de jovens e adultos que vivem em locais de difícil acesso, como a população Calunga de Cavalcante. O bolsista é treinado pela Secretaria de Educação do Estado para contribuir com a ação.

 

    Outra parceria que incentiva o bolsista a praticar o bem é o Projeto Rondon, desenvolvido em parceria com o Ministério da Defesa. O trabalho tem o objetivo de promover a inclusão social de comunidades carentes e/ou isoladas de municípios selecionados do Estado de Goiás, com a participação ativa dos Instituições de Ensino Superior (IES) e dos universitários.

 

    “As pessoas precisam cada vez mais se engajar nas causas sociais. Incentivando os jovens, tenho certeza de que conseguiremos ter uma sociedade mais justa e fraterna”, pontua a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado.

      

Continuidade com inovação

 

    Atualmente, o Programa atende cerca de 15 mil universitários em todo o Estado. O governo passado deixou a Bolsa Universitária com uma dívida de R$ 76 milhões, o que inviabilizou a realização de processo seletivo em 2019.

 

     Porém, a Bolsa Universitária continuou ativa, nenhum universitário contemplado perdeu o benefício. A atual gestão da OVG está em dia com os repasses de 2019 junto as 83 Instituições de Ensino Superior (IES) cadastradas ao Programa.

 

    A diretora do Programa Bolsa Universitária, Rúbia Prado, informa que várias ações de inovação foram adotadas para tornar os processos referentes a Bolsa mais seguros, simples, ágeis e com menor custo. O Sistema de Renovação do benefício passou a ser 100% digital. “O estudante pode realizar pelo celular ou pelo computador a renovação do seu benefício, semestralmente, e anexar todos os documentos de comprovação na plataforma. Isso agiliza o processo e o torna mais seguro”, diz Rúbia Prado. 

 

   Cerca de mil organizações parceiras são credenciadas para fins de contrapartida junto ao Programa Bolsa Universitária. São oferecidos projetos de cidadania e atividades na área de atuação do bolsista. O rol de associados abrange escolas, CMEIs, hospitais, delegacias, Corpo de Bombeiros, fóruns, tribunais de justiça, secretarias, além de outros órgãos públicos e instituição não governamentais sem fins lucrativos.

 

    A Bolsa Universitária ganhou um novo sistema de contrapartida que permite ao bolsista selecionar as atividades e montar o seu “combo” dentro do sistema, ou seja, o aluno pode planejar o cumprimento de sua contrapartida durante o semestre, conforme as opções disponibilizadas.

 

    O sistema possibilita inclusive que o universitário faça o agendamento de doações de sangue. Atualmente, o programa tem 21 Bancos de Sangue credenciados, que com a contrapartida da Bolsa podem receber aproximadamente 16 mil doações por ano.

 

     O universitário também consegue anexar na plataforma os certificados de cursos realizados. “A inovação no sistema de contrapartida eliminou a necessidade de os estudantes ficarem ligando para a OVG em busca de vagas e, também, a necessidade de o universitário vir até a sede da Organização entregar os documentos para comprovar a contrapartida,” destaca Rúbia Prado.

 

    Outra novidade é que o sistema permite que as organizações interessadas em receber bolsistas para o cumprimento de contrapartida façam o cadastro/renovação da parceria, o lançamento das atividades prestadas pelo estudante, bem como o agendamento de data e hora para recebimento dos bolsistas de forma totalmente eletrônica. Desta forma, as organizações não precisam mais enviar documentos por e-mail, ou fisicamente, como ocorria anteriormente.

 

Gerência Estratégica de Comunicação

e Marketing Institucional

(62) 3201-9482

SIGA A OVG NAS REDES SOCIAIS

Rua T-14, n° 249, Setor Bueno, Goiânia-GO, 74.230-130

© Copyright 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento